Data 10/05/2017 09:12:00
Draghi, do BCE, rebate pedidos para diminuição dos estímulos monetários

A economia da zona do euro está melhorando, mas ainda é muito cedo para declarar vitória e um grau substancial de estímulo monetário ainda é necessário, afirmou hoje o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi.

Em discurso ao Parlamento holandês, o dirigente notou que recuperação na região evoluiu de "frágil e desigual para algo cada vez firme e amplo" e que os riscos negativos parecem diminuir.

Por outro lado, ele rebateu os pedidos para que a autoridade monetária reduza os estímulos, afirmando que "ainda é muito cedo para declarar vitória".

As medidas do BCE têm ajudado a recuperação e seus benefícios bastante claros, maiores que os efeitos colaterais, argumentou, lembrando que as sobre a inflação subjacente permanecem frágeis, ainda sem mostrar "uma trajetória de alta convincente".

A visita à Haia acontece em um momento difícil para o BCE, que sofre pressão por parte dos países mais ricos da região, entre eles a Alemanha e Holanda, para reduzir os estímulos monetários. Dirigentes desses países reclamam que os juros ultrabaixos prejudicam a situação dos poupadores e dos grandes fundos de pensão. Fonte: Dow Jones Newswires.